posts recentes

Feist no Royal Albert Hal...

Boris é o mais divertido ...

100 anos de Ian Fleming n...

Britânicos relembram ataq...

Ver passar os barcos

Goth Rock regressa ao pal...

Londres festeja cultura d...

Ricardo Afonso...um genuí...

Greve nos Oscars, nova es...

...

arquivo

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Correio

e-mail
Sexta-feira, 31 de Agosto de 2007

10 anos depois...Diana recebe tributo

Completou-se hoje uma década desde a morte da princesa Diana. O trágico acidente que levou chocou o mundo deixou uma marca na vida da princesa que os seus dois filhos parecem querer apagar. Num comovente discurso durante a cerimónia religiosa comemorativa dos dez anos da morte de Diana, o mais novo dos seus filhos,  Harry , descreveu a sua mãe como uma mulher "carinhosa, generosa e cheia de compaixão." Pela primeira vez, e a falar também  em nome do seu irmão e herdeiro do trono William , o príncipe falou do sofrimento causado pela súbita morte da mãe. "Nós podemos dividir a vida em duas partes, os tempos em tivemos a felicidade de ter ao nosso lado a presença física do nosso pai e da nossa mãe, e os últimos dez anos, desde a sua morte. Até então nós tomávamos por garantida a sua felicidade de viver, a sua alegria e as suas gargalhadas, hoje sentimos a sua falta e pensamos nela todos os dias", afirmou o príncipe perante mais de 500 convidados. Entre as ausências esteve Camila Parker Bowles que, embora tenha sido convidada pelos dois príncipes, acabou por se distanciar da cerimónia. O tributo, organizado por William e Harry surge quase dois meses depois do "Concerto por Diana, organizado também pelos dois jovens monarcas e que teve lugar no estádio de Wembley . O dia de hoje foi também marcado noutras partes do país com celebrações em Manchester , Aberdeen e Cardiff, entre outros locais. Ainda em Londres, o pai do   Dodi , Mohamed Al Fayed realizou dois minutos de silêncio no Harrods , do qual é proprietário, como tributo ao seu filho e à princesa.

por JN às 22:53
link do post | comentar | favorito
|
2 comentários:
De keroserfeliz a 20 de Setembro de 2007 às 11:21
Lembro-me perfeitamente do dia em que Diana morreu tal como do seu funeral, apesar de não a ter conhecido pessoalmente fiquei bastante abalada.
Deve ser um sofrimento enorme perder uma mãe.
E ter de esconder mesmo esse sofrimento, horrivel.

Parabens pelo blog
De jbarruda a 2 de Dezembro de 2007 às 22:50
É sempre triste falar da princesa Diana e deve ser muito penoso para os filhos falar em pormenores ìntimos da vida da mãe. Gostei dos comentários . Que a sua alma descanse em Paz.

jbarruda

Comentar post


Pesquisar no blog

 

Maio 2008

tags

todas as tags

subscrever feeds