posts recentes

Feist no Royal Albert Hal...

Boris é o mais divertido ...

100 anos de Ian Fleming n...

Britânicos relembram ataq...

Ver passar os barcos

Goth Rock regressa ao pal...

Londres festeja cultura d...

Ricardo Afonso...um genuí...

Greve nos Oscars, nova es...

...

arquivo

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Correio

e-mail
Sexta-feira, 25 de Janeiro de 2008

Greve nos Oscars, nova esperança para os Bafta...

 

Os estragos provocados pela greve dos argumentistas em Hollywood já ultrapassaram as mais pessimistas previsões. Mas quase três meses depois do início da greve ainda existe quem tenha um olhar positivo sobre a crise vivida em LA. Depois de uma cerimónia de entrega de Globos de Ouro arruinada pela inflexibilidade dos escritores dos guiões de Hollywood, a próxima vítima poderão ser os Grammy Awards. Mas, o cenário que mais assusta a população de Hollywood Boulevard é aquele que se mostra mais promissor para o orgulho britânico. Realizados desde 1947, os prémios Bafta têm vivido sempre à sombra dos Oscars, sem esperança de competir com o protagonismo do Kodak Theatre. Mas, este ano, uma inesperadamente longa greve poderá dar aos Bafta a oportunidade que a Academia britânica aguarda há décadas. Realizada a 10 de Fevereiro, catorze dias antes dos Oscars, o gala de prémios Bafta para cinema poderão transformar-se na grande gala de 2008.

por JN às 14:52
link do post | comentar | favorito
|

Pesquisar no blog

 

Maio 2008

tags

todas as tags

subscrever feeds