posts recentes

Feist no Royal Albert Hal...

Boris é o mais divertido ...

100 anos de Ian Fleming n...

Britânicos relembram ataq...

Ver passar os barcos

Goth Rock regressa ao pal...

Londres festeja cultura d...

Ricardo Afonso...um genuí...

Greve nos Oscars, nova es...

...

arquivo

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Correio

e-mail
Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2006

Concerto marca 10º aniversário da morte de Diana

Elton John , Duran Duran e Joss Stone são alguns dos nomes que irão participar num concerto comemorativo dos 10 anos da morte da princesa Diana. O evento foi ontem anunciado pelos príncipes William e Harry que quiseram marcar a data com um evento alegre para relembrar o espírito da princesa. O concerto será um dos primeiros eventos a encher no novo estádio de Wembley e a data escolhida foi o dia 1 de Julho, dia em que Diana completaria 46 anos. Os bilhetes para o evento foram colocados à venda esta manhã (quarta-feira) e, no espaço de vinte minutos, foram vendidos mais de 22 mil lugares. "Os lugares iniciais foram todos vendidos mas esperamos ter mais bilhetes disponíveis para venda numa data mais próxima do concerto", afirmou uma porta-voz dos príncipes. A capacidade total do estádio de Wembley (que ainda se encontra em construção) é de 60 mil pessoas e todos os lucros das vendas irão reverter a favor de obras de caridade. O concerto poderá ser uma oportunidade de ouvir pela última vez a versão adaptada de Candle In the Wind " que Elton John dedicou à memória de Diana no seu funeral, em 1997. A música foi depois publicada tornando-se no single mais rapidamente vendido de todos os tempos. Na altura o cantor garantiu que só voltaria a tocar o tema a pedido dos príncipes e especula-se que tal possa vir a acontecer a 1 de Julho.  

por JN às 17:50
link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 10 de Dezembro de 2006

Canal britânico reproduz drama de espião russo

O canal de televisão britânico Channel 4 anunciou esta semana que vai reproduzir o drama vivido por Alexander Litvinenki que terminou na morte do ex-espião russo. O programa será escrito e realizado por, Peter Kominsky que venceu o prémio Bafta pelo seu filme sobre a morte de Dr. Kelly (o cientista que se suicidou em 2002 após um escândalo sobre as armas de destruição em massa no Iraque) e será apresentado sob a forma de drama. "As extraordinárias circunstâncias que rodearam a morte de Alexander Livinenko  não têm precedentes no Reino Unido e chamaram a atenção do público e da classe política", afirmou uma porta-voz do canal. Litvinenko morreu no passado dia 23 vítima de radiação por polónio 210. Desde então a substância já foi encontrada em várias localizações, incluindo três aviões da British Airways . O novo programa, que será produzido pela  Daybreak Pictures , será desenvolvido em redor deste caso complexo para ser transmitido pelo canal  comercial em data a anunciar.

 

 

Terça-feira, 5 de Dezembro de 2006

Alemã vence prémio Turner

Aquele que já se tornou num dos mais influentes prémios de arte contemporânea no mundo foi mais uma vez revelado na capital britânica. Desta vez, o júri da Tate optou por premiar a pintura,  transformando a alemã Tomma Abts na primeira mulher pintora a tornar-se numa Turner Prize winner " desde que o prémio foi criado há 22 anos.   Abts , que vive em Londres há 12 anos, destacou-se entre os quatro artistas nomeados com quatro telas abstractas. Os restantes artistas nomeados foram Phil   Collins , que criou o primeira exibição ao vivo do prémio Turner  ao instalar um escritório em funcionamento na galeria Tate,  Rebecca Warren  com trabalho em escultura e Mark   Titchner  que apresentou uma série de "posters" em trabalho gráfico. O prémio foi anunciado esta semana por Yoko Ono na Tate Britain e as obras dos artistas nomeados estarão em exposição na galeria britânica até ao dia 14 de Janeiro. Desde o seu nascimento que o prémio Turner tem vindo a revelar alguns dos mais influentes artistas contemporâneos , tais como Damien Hirst (vencedor em 1995) e Tracey Emin (nomeada em 1999).


Pesquisar no blog

 

Maio 2008

tags

todas as tags

subscrever feeds