posts recentes

Feist no Royal Albert Hal...

Boris é o mais divertido ...

100 anos de Ian Fleming n...

Britânicos relembram ataq...

Ver passar os barcos

Goth Rock regressa ao pal...

Londres festeja cultura d...

Ricardo Afonso...um genuí...

Greve nos Oscars, nova es...

...

arquivo

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Correio

e-mail
Sábado, 19 de Abril de 2008

100 anos de Ian Fleming no Imperial War Museum em Londres

O seu nome não é tão famoso como a personagem por si criada mas Ian Fleming não deixa de ser um dos mais famosos escritores de todos os tempos e certamente um dos mais admirados por gerações e gerações de leitores e amantes de cinema. James Bond é talvez o mais popular herói que o grande ecrã jamais produziu e, por isso mesmo, no centenário do seu criador, o agente secreto expões algumas das suas mais valiosas peças em Londres. "For Your Eyes Only " (Somente Para Seus Olhos), é a primeira grande exposição dedicada à vida e obra de Fleming e apresenta material que nunca antes foi exibido em público.

Desde o primeiro até ao mais recente, todos os 007 estão representados através de peças tão raras como o Aston Martin DB5 para o príncipe Andrew em 1966 e usado em Goldfinger " e Thunderball ". Este, claro está, completo com todos os engenhos típicos do agente secreto. De Ian Fleming sugem também peças únicas como um mapa da Mercury News Network mostrando os locais onde o Sunday Times tinha correspondentes, uma seleção de manuscritos das histórias de Bond e a secretária da sua casa na Jamaica , Goldeneye , onde Fleming escreveu cada uma das aventuras de Bond .

A exposição revela ainda a forma como as experiências de guerra de Fleming influenciaram as histórias de Bond e diversos heróis e vilões que vão surgindo nas suas aventuras, tais como M e Goldfinger . Bem como a forma como a Guerra Fria criou o palco perfeito para o agente secreto operar.

 

 

Sexta-feira, 11 de Abril de 2008

Britânicos relembram ataques em Julho

Shoot on Sight

 

Londres poderá relembrar pela primeira vez no grande ecrã os atentados que, em Julho de 2005 tiraram a vida a 52 passageiros dos transportes públicos da capital inglesa. Shoot in Sight " é uma produção indo-americana que conta a história de Tariq Ali (Naseeruddin)- um polícia muçulmano na Scotland

 

Embora o filme seja centrado nos eventos que chocaram a cidade de Londres no verão de 2005, a história é ficcional e preocupa-se sobretudo com a acção policial após o 7 de Julho e os atentados falhados de 21 de Julho do mesmo ano e com a forma como a vida dos muçulmanos sofreu sérias mudanças na sequência dos eventos. O elenco conta com nomes  como Brian Cox e Sadie Frost e, não querendo produzir um documentário sobre o 7 de Julho,  Jag torna-se no primeiro realizador a trazer ao grande ecrã memórias que os Londres nunca poderá esquecer. Mundhra

por JN às 08:42
link do post | comentar | favorito
|

Pesquisar no blog

 

Maio 2008

tags

todas as tags

subscrever feeds